CRASH BANDICOOT
 3.5

 Console: Ps4

 Desenvolvedora: Vicarious Vision

 Publicadoras: Activision e Sony Computer Entertainment

 Estilo: Plataforma

 Aproveitando todo o embalo que a trilogia teve, a Activision decide criar um jogo que se passa depois da trilogia. Ou seja, entre Warped e TWOC (Não é um reboot). Aqui é explicado algumas coisas, além de ser introduzido uma nova história.

--Indo para o game—

 A tela inicial é a logo Crash Bandicoot com um 3.5 vermelho abaixo. O fundo é o espaço, com Crash e Coco de ambos os lados, enquanto uma nave espacial gigante está ao longe.

 Há as seguintes opções no menu:

 Start: Começa um novo jogo.

 Load: Carrega um jogo em progresso.

 Options: As configurações do jogo, como áudio, resolução da tela etc.

 Extras: Mostra os extras que você consegue ao passar de fase ou conseguir gemas. Dentro dele há a opção “Best online times” onde você encontrará os tempos feitos pelos outros jogadores em determinadas fases (seguidas por um vídeo não editado).

 Sem mais delongas, vamos ao que realmente interessa: O jogo.

 

--START--

 

Cutscene 1

 O jogo começa mostrando a terra, com um satélite passando por ela, mas que é logo destruído por um raio roxo. Então uma nave espacial surge, com um som dramático ao fundo. A câmera se aproxima dela até finalmente estar em seu interior, onde é mostrado algumas sombras: N. Tropy, N. Gin e N. Brio. Logo a voz de Uka Uka é ouvida.

 Uka Uka: Seus tolos! Os três falharam miseravelmente em derrotar um simples marsupial laranja! Eu nem sei mais porque estou confiando em vocês agora.

 N. Brio: Com todo o respeito, senhor máscara Tiki do mal, mas eu nunca vi você ao menos tentar enfrentá-lo por si próprio.

 N. Gin e N. Tropy se encolhem, com medo do modo que Uka Uka poderia reagir, mas ele apenas ri.

 Uka Uka: Bem, pelo visto eu fiz bem em contratar você, Nitrus Brio, apesar de falhar, não se tornou um fracasso de fraldas – Diz a máscara, enquanto olha para N. Tropy, que está nitidamente tentando esconder sua raiva.

 N. Gin: Mas o processo de criação da nossa arma está indo muito bem, Uka Uka. Só precisamos de mais alguns cristais para finalmente ativá-la!

 Uka Uka: Cristais? Oh, eu sei bem onde conseguir alguns. Chamem todos os antigos capangas de Neo Cortex.

 N. Gin: Mas estamos com uma falta de dinheiro muito grande! Se usarmos o resto de fundos que temos para contratá-los poderemos ficar sem mais nenhum tostão no bolso.

 Uka Uka: Isso não teria acontecido se você não tivesse usado tudo o que lhe restou para criar aquele navio de batalha idiota! Eu espero que vocês realmente valham o esforço que eu tive para trazê-los aqui.

 Uka Uka se vira para a câmera e começa a rir, com um sorriso sádico no rosto.

 Uka Uka: Se prepare, Crash Bandicoot, pois logo, logo, seu precioso planeta será totalmente MEU! MWAHAHAHAHAHAHA!

 N. Gin: Eh, eu posso ir ao banheiro agora?

 

 A cena corta para Crash procurando frutas Wumpas em meio às árvores da floresta. Coco está ali perto, junto com Aku Aku. Ele finalmente encontra uma, mas está pendurada em um galho muito alto. Ele escala uma árvore ali próxima para tentar pegá-la, mas ao tentar pular de galho em galho o mesmo cede e Crash cai no meio da grama.

 Um pouco tonto, ele levanta sua cabeça e se depara com um papel azul jogado no chão. Ele se levanta e vai até o mesmo, o pegando. Aku Aku vai até ele para saber o que está acontecendo e se depara com o papel nas mãos de Crash.

 Aku Aku: O que é isso em suas mãos? Oh, não, Cortex aprontando de novo. Mas por que ele deixaria isso cair aqui? É melhor irmos até Coco. Ela pode saber o que todos esses desenhos significam.

N. Sanity Island

 Agora começa a gameplay. A primeira fase é só uma demonstração, assim como Crash 2. Haverá um caminho estreito a sua frente, com várias wumpas e caixas, com alguns inimigos inofensivos, que não podem machucar o jogador.

 Será o mesmo estilo de plataforma de sempre. Crash irá para frente, coletando wumpas para conseguir vida, quebrando caixas, ativando TNT’s para destruir obstáculos e derrotando inimigos com seu giro.

 Jogabilidade: Plataforma (Crash).

X: Salto

: Giro

: Deslizar e se abaixar

 X + : Barrigada

 : Status

 

Cutscene 2

 Ao chegar em casa, Coco está treinando Kung-Fu, com Pura e Polar a observando. Quando Coco vê eles chegando, pega o papel e o analisa.

 Coco: Um pouco suspeito. Esse projeto é totalmente confuso, sem nenhum sentido. Eu não acho que poderemos tirar informações di... – Ela olha para o canto inferior, onde há a frase:  “Vá até o Laboratório situado bem na entrada da ilha da Ilha Wumpa para mais informações!” – Deixa pra lá.

 Aku Aku: Por que alguém como Córtex deixaria a sua localização tão exposta assim? Bem, sendo uma armadilha ou não, temos que arrumar alguma forma de detê-lo.

Coco: Nós podemos ir até o Sistema VR Hub para conseguir ir até o laboratório mais rápido, ele está incompleto, mas talvez pode servir. No entanto, não achoque...

 Crash: IHEE!

 Crash pula para cima e sai correndo até a mais nova estação de Coco. Aku Aku o acompanha e Coco vai montada em Pura, sendo seguira por Polar.

 Ao chegar à estação, está tudo está um pouco empoeirado, já que Coco não trabalhava muito nela. Coco pega um aspirador e tira um pouco da sujeira do lugar. Agora começa outra parte do gameplay

Coco’s VR Hub

 Você pode andar livremente pelo lugar, mas nenhum teleporte funciona. Para prosseguir terá que interagir com Coco e Crunch, que estão em uma máquina operando o sistema.

  Coco: Eu só preciso de um segundo para conseguir as coordenadas do laboratório de Córtex. Só mais um pouco e... Pronto!

 Uma cabine de teleporte é ativada na Warp Room 3. Crash se prontifica para ir, mas antes Coco avisa sobre os perigos.

 Coco: Cuidado, Crash, Cortex não é estúpido, não sabemos se ele pode estar...

 Antes que ela pudesse terminar o raciocínio um raio cai sobre a máquina e a explosão de eletricidade joga Crash longe. No meio do ar ele é parado, até perceber que está acima de uma das cabines de teleporte. Antes que pudesse reagir ele é levado direto ao laboratório de Córtex.

Cortex’ New Lab

 Crash é jogado direto na entrada do laboratório. Como ainda é a primeira parte não há gemas ou relíquias para coletar.

 Cenário: A fase conta com vários aspectos tecnológicos, com plataformas flutuantes, armadilhas mecânicas e etc. Há quatro chekpoints espalhados pelo mapa e caixas de wumpas, “?”, as com dez wumpas, que é necessário pular cinco vezes e as de vidas. Ao perder todas as vidas você é levado de volta ao começo da fase.

 Jogabilidade: Plataforma (Crash).

 Inimigos: São constituídos por pequenos animais mutantes com armaduras, que aparentemente estão sofrendo lavagem cerebral devido ao capacete presente nas vestimentas. No entanto, no meio da fase, há um robô parecido com um titã em uma plataforma de elevador, subindo constantemente. Para derrota-lo só é preciso esperar ele se cansar de atacar e dar um giro nele. O mesmo processo se repete três vezes.

 Final: Depois de sair do elevador e passar por um corredor estreito, se verá uma porta gigante, que ao ser aberta iniciará uma cutscene.

Cutscene 3

 Crash se encontra em uma plataforma estreita. A sua frente está um enorme abismo preenchido de engrenagens gigantes e outras coisas do tipo.

 Cortex: Ora, ora, se não é o nosso convidado especial. Eu não esperava te ver por aqui tão cedo.

 Crash olha confuso para um alto-falante no teto da construção.

 Aku Aku: Cortex! Eu sabia que isso não passava de apenas mais um plano seu.

 Cortex: Por favor, não magoe meus sentimentos. Isto não é apenas um plano. É o plano.

 Abaixo deles uma plataforma começa a se erguer, carregando em cima dele um exoesqueleto robótico um pouco maior que Crash, com um cristal em seu peito.

 Cortex: Desde a última vez que me enfrentou eu decidi que era hora de parar de ser derrotado! Depois de tanto tempo, depois de tantos fracassos, eu descobri algo, Crash. Eu descobri o motivo de você sempre ganhar: Porque você é o Crash. A vitória está sempre ao seu favor. A sorte, o destino, o protagonismo.

 O exoesqueleto, já na frente de Crash, começa a se abrir, dando espaço para que alguém entrasse nele. Logo acima, no teto, Córtex começa a descer de uma plataforma flutuante, com uma pose triunfante.

 Cortex: De todos os ditados que eu já ouvi, um que mais me chamou a atenção é:

 Ele pula na mesma plataforma da armadura, olhando Crash com um sorriso ameaçador, o Bandicoot com o punho fechado pronto para dar um soco na cara dele.

 Cortex: Se não pode vencer seu inimigo, junte-se a ele.

 Depois de dizer isso, Crash em um impulso pula na direção de Neo Cortex para iniciar mais uma luta, mas o mesmo simplesmente desaparece, revelando ser um holograma. O bandicoot vai direto ao exoesqueleto. Ao encostar-se ao mesmo, ele ativa um mecanismo e envolve o corpo de Crash, não só o protegendo como uma armadura, mas sim se adaptando ao seu corpo. Logo o exoesqueleto vira um bandicoot mecânico, com apenas a cabeça de Crash para fora.

 Crash olha confuso para o seu corpo. O exoesqueleto se torna uma armadura maleável, permitindo que Crash o mova facilmente. Curiosamente não apresentava nenhuma ameaça.

 Cortex: Oh, Crash, depois de três tentativas falhas, depois de três tentativas tão promissoras, agora chega a hora de acabar de vez com isso. Em memória de N. Brio, em memória de N. Gin, em memória de N. Tropy e todos os outros que foram vítimas da sua existência...

 Do outro lado da sala uma escotilha se abre, revelando Neo Cortex, que segura um controle com um botão vermelho em mãos.

 Cortex: Agora você será vítima de si mesmo!

 E o cientista apertou o botão. No exato momento um capacete se ergueu da espinha do exoesqueleto, cobrindo os olhos de Crash. O mesmo cambaleou para os lados, até finalmente receber um choque elétrico direto no cérebro e ficar paralisado.

 Aku Aku: Crash: Você está bem?

 Crash se vira lentamente para Aku Aku, levantando os braços em sua direção como um zumbi.

 Aku Aku tenta ir atrás de Crash, mas um dos subordinados de Cortex o segura, impedindo-o de se mover.

 Cortex: Aliás, eu estive produzindo um novo tipo de tecnologia. O encolhedor reverso!

 O peito de Crash começa a brilhar, fazendo com que a armadura fique cada vez maior, até se transformar em um robô semelhante a Mecha Bandicoot, com a cabeça de Crash não mais visível.

 Cortex: Muito bem, Crash, eu sou Aku Aku e aquele é Cortex. Ele está com mais um plano para dominar o mundo. É melhor correr nele antes que seja tarde demais.

 Crash faz um sorriso rebelde e começa a se aproximar de Aku Aku. Esse fica desesperado, tentando dizer a Crash que está sofrendo lavagem cerebral, mas não funciona. Então ele usa sua magia para fazer uma miniexplosão para que o Minion o soltasse. Ele então quebra o visor do capacete e se autocoloca no rosto dele, para que pudesse-o controlar, semelhante aos titãs.

 Os braços de Crash se transformam em lâminas, as pernas se unem formando uma furadeira e o mesmo começa a girar, causando um tremor em toda a estação. Ele não consegue acertar Aku Aku, mas o tremor acaba resultando na demolição do chão, fazendo com que o Bandicoot caísse, junto ao Minion controlado por Aku Aku.

 Depois que Aku Aku se levanta (ainda em seu novo corpo), ele olha para trás e percebe que Crash está olhando fugazmente para ele. O Bandicoot ergue seu braço direito, transformando-o em um canhão e aponta para a máscara, finalizando a cutscene.

Crystals Mine

 Cenário: Agora você se encontra em um túnel cheio de joias e materiais de mineração. Você controla Aku Aku, possuindo o corpo do Minion de Cortex. No meio do caminho há três checkpoints em lugares seguros e as caixas normais.

 Jogabilidade: Perseguição. Você terá que fugir de Crash, enquanto o mesmo atira periodicamente. Se perder todas as vidas você volta para o início da perseguição.

X: Salto

: Tiro. Serve para destruírem objetos a sua frente.

: Deslizar

 : Status

  Após conseguir chegar ao fim da mina, Aku Aku se depara com um cano a sua frente. Sem poder desviar ele acaba tropeçando no mesmo e se desprende do corpo que estava possuindo. Crash prepara um tiro carregado de plasma, mas antes que pudesse acertá-lo o mesmo é teletransportado de volta para a Warp Room.

Cutscene 4

 Coco: Aku Aku? Onde está Crash?

 Aku Aku: Algo terrível aconteceu com ele! Cortex o raptou e agora está o usando como uma das próprias invenções!

 Coco: Oh, não. Temos que ajuda-lo! O que aconteceu com ele?

 Aku Aku: Está sofrendo algum tipo de controle mental. Está controlando uma espécie de robô gigante.

 Coco acena e bate a mão em seu punho, em sinalização de combate.

 Coco: Vamos fazer isso.

 Os dois vão até a mesma cabine que leva ao laboratório e são levados até lá. Chegando ao local, os minion de Cortex estão trabalhando a todo vapor, já que um Crash robótico de cinco metros está os ameaçando a todo momento. O bandicoot olha para Coco e solta um rosnado, que soa mais como um rugido.

 Coco: Escuta aqui, Crash! Sou eu, Coco, sua irmã. Estou aqui para te—

 Ela rapidamente desvia de um tiro de plasma, solto de um canhão no braço direito de Crash. Todos os trabalhadores saem correndo, batendo um nos outros e ficando confusos, enquanto Crash dá um salto enorme enquanto uma parte do teto abre e logo some.

Cortex’s New Lab (Coco)

Cenário: O mesmo da fase anterior, porém com uma mudança no desenrolar do nível. Como é uma fase boss, não há checkpoint.

  Inimigos: Os mesmos, porém agora ao invés de apenas atacar como um inimigo normal, lutam com você, semelhante aos inimigos da saga Titans.

 Jogabilidade: Plataforma e Beat ’em Up (Coco). É semelhante a Crash Mind Over Mutant. Agora você tem uma barra de HP, que é diminuída sempre que leva dano. Perder todas as vidas leva você ao começo da fase.

X: Salto

: Soco rápido, mas fraco.

++: Combo de três socos.

: Chute lento, mas forte.

++: Combo de dois socos e um chute em forma de foice (semelhante ao chute de Crash em COTT e MOM)

 : Status.

 R1: Defender-se.

 Você deverá enfrentar cinco inimigos que virão até você. Para derrota-los você usará as artes marciais de Coco ao seu favor. Quando derrota-los, prossiga até o parte do teto aberta e uma escada será descida de lá. Suba e entrará em um corredor, onde levará até Crash.

 O mesmo olhará até você e ativará o canhão no braço direito e uma furadeira no esquerdo. A porta atrás do corredor se fechará e você se encontrará em um lugar circular, frente a frente com Crash, o primeiro boss do jogo.

Boss : Crash Bandicoot

 Agora você poderá se mover novamente. Crash terá uma barra de vida um pouco grande, mas uma defesa alta e é muito agressivo. Você terá que bater nele para a barra de vida poder abaixar. Morrer nesta parte te levará ao começo da batalha.

 Primeira fase: Ele soltará tiros de plasma para cima, fazendo com que eles caiam aleatoriamente no chão. Quando ele chegar perto de você ou vice-versa, ele investirá com o perfurador, que tirará uma pequena quantidade de vida. Quando conseguir tirar 100% de sua vida, você partirá para a segunda fase.

 A armadura de Crash fica defeituosa e o dispositivo “encolhedor reverso” o encolhe, deixando-o do tamanho de coco. Sua barra de HP agora estará pequena, como se fosse um miniboss.

 Segunda fase: Os braços de Crash se transformaram em lâminas e os pés se juntaram até formar uma furadeira. Ele começará a girar aleatoriamente pelo cenário. Ser atingido por ele te custará uma pouca quantidade de HP. Depois que ele se cansar de girar, suas pernas voltarão ao normal e ele começará a atacar com os braços-lâminas. Acerte ele algumas vezes e o mesmo voltará a girar. No entanto, dessa vez, ser atingido por ele causará um grande dano, além de que ele está mais rápido. Quando ele se cansar, realize o mesmo processo.

 Crash perderá o equilíbrio e ficará tonto. Ele ficará com tanta raiva que começará a girar rapidamente pela sala, mas antes de poder te atacar, ele acaba acertando um botão no canto da parede e um buraco se abrirá no meio do local, sendo tão grande que deixa apenas uma borda estreita no local, semelhante ao lugar onde se enfrenta Mecha Bandicoot. Ele acabará girando até lá e caíra lá dentro. Coco se desespera e corre até onde ele caiu. No entanto, um tremor joga coco para parede e a última forma de Crash aparecerá. Ele está tão grande que apenas o seu peito para cima aparece.

 Terceira fase: A barra de vida de Crash se torna gigantesca, tomando toda a parte superior da tela. Ele soltará tiros para cima, que cairão aleatoriamente pelo piso estreito. Depois seus braços se transformarão em lâminas e ele girará algumas vezes. Para desviar das lâminas basta apenas pular quando elas se aproximam. Quando ele terminar de fazer isso, ficará com raiva e começará a atirar para cima furiosamente. Os tiros caem como chuva, ou seja, também acertam Crash, que se apoiará na borda, deixando seus dois braços sobre ela, para descansar. Após isso é só subir em um dos braços e ir até a cabeça dele. Soque a nuca, que está seriamente danificada devido aos tiros e aí começará outra cutscene.

Cutscene 5

 O impacto faz o robô abrir a boca e cuspir Crash para fora, que é prensado sobre a parede. O mesmo soltará alguns murmúrios e caíra no chão. O robô começará a dar defeito e encolher. Mas também sairá do controle e começará a atirar para todos os lados, destruindo a parede e danificando quase todo o laboratório, que começará a ruir. Logo o robô/armadura desaparecerá em meio ao buraco.

 Cortex aparecerá onde eles estão, gritando de raiva e arrancando seu cabelo.

 Cortex: Não! Não! Seus.... Seus bandicoots malditos! Eu vou acabar com vocês agora mesmo!

 O cientista vai em direção de Coco, mas a mesma reage rapidamente e dá um soco na cara do mesmo. Uma cena slow-motion acontecerá, mostrando uma máscara aparecer e começar a se desprender do corpo de Cortex, que pisca entre o cientista e um Minion. Quando ele já está no meio da queda a cena volta ao normal e Cortex se transforma em um Minion inconsciente, jogado no chão, enquanto Uka Uka aparece no ar, observando-os com raiva.

 Aku Aku: Você era Cortex o tempo todo?

 Uka Uka: Claro! Aquele idiota virou um bebê e se tornou inutilizável! A incompetência dele foi tão grande que decidi nem ao menos tentar traze-lo de volta. Mas ele não é necessário. N. Tropy, N. Gin e N. Brio conseguiram dar conta do recado.

 Coco: Não pense que vai conseguir se safar dessa tão rápido!

 Uka Uka: O quê? Hahahaha, isso ainda nem começou. – O teto se abre, mostrando o céu escuro, com uma nave espacial se aproximando cada vez mais da terra.

 Aku Aku: Aquilo é obra sua?!

 Uka Uka: Sim! Isso tudo foi apenas uma forma de conseguir derrotar vocês antes do mundo ser inteiramente meu! Esse marsupial sempre consegue arrumar um jeito de nos derrotarmos... Mas o tempo que perderam já é o suficiente. Em breve, meus subordinados terão os cristais suficientes para que eu consiga fabricar a minha mais nova arma! Em breve vocês – e ninguém – serão um problema para mim.

 Uka Uka dá uma risada maligna e desaparece.

 Aku Aku: Pessoal, isso é sério. Nós precisamos pegar aqueles cristais antes que Uka Uka consiga tê-los em mãos. Vocês estão dentro?

 Crash e Coco acenam, enquanto são teletransportados de volta para a Warp Room.

 

 Coco: Ok, consegui as coordenadas de todos os cristais. São 5 ao todo. Você dá conta?

 Crash coloca a mão na testa em posição de sentido e se vira para as warps. Em cada uma delas há apenas um portal, que é o chefe da fase.

--

 Antes de prosseguir vou explicar umas coisinhas: Os boss aqui funcionam igual Spider Man Shattered Dimensions, onde cada fase é um boss. Ou seja, você enfrentará o mesmo boss mais de uma vez na mesma fase, mas continuará com Time Trial, Gemas e Bônus. Você pode enfrentar o mesmo boss quantas vezes quiser. Aliás, sempre que Crash passa de um boss ele faz sua clássica dança da vitória.

--

Coco’s VR Hub

 Agora você poderá finalmente salvar o jogo manualmente e escolher qual chefe vai enfrentar.

Warp #1

Boss: Ripper Roo

 Gema dourada: Destrua todas as caixas do nível e do Bônus.

 Gema azul: Acesse a fase secreta que é acessível apenas se você não tiver morrido nenhuma vez e quebre todas as caixas presentes lá (Bonus death).

 Crash cairá em no interior de uma biblioteca, onde estão presentes várias estantes repletas de livros. A sua frente está uma mesa com uma poltrona virada para trás. Quando ela se vira, Ripper Roo é revelado, segurando um livro com as mãos livres.

 Ripper: Depois de tantas terapias, depois de tantas lutas. É tão bom ser são e poder falar como alguém de verdade.

 Crash se mostra confuso pelo fato de Ripper Roo estar falando.

 Ripper: Mas mesmo assim, nada é a mesma coisa. A sabedoria, o conhecimento. Tudo fica tão claro, mas então tudo perde o seu propósito e você nem sabe mais porque está aqui. – Ele vira seus olhos vermelhos e sem emoção para Crash. – Você está procurando pelo cristal, não é? Não se preocupe, eu estou com ele. Mas... antes me faça um favor.

 Ripper Roo pula em cima da mesa, pegando o cristal e guardando-o em sua roupa.

 Ripper: Eu decidi que se eu não estou pronto para minha sanidade... ENTÃO QUE O MUNDO CONTEMPLE MINHA LOUCURA!

 O canguru pega uma tnt que estava abaixo da mesa e joga no meio da sala. Ela começa a brilhar fortemente, enquanto Ripper Roo dá sua risada maluca. Crash corre para fora da biblioteca enquanto a dinamite explode, jogando o canguru azul para longe.

 Cenário: Floresta de outono. Há várias caixas nesse lugar e é onde está localizado o bônus da fase. É uma fase estreita, assim como as outras.

 Inimigos: Alguns pássaros mutantes e marmotas.

 Jogabilidade: Plataforma (Crash)

 Ao chegar em uma caverna, você passará mais alguns metros até finalmente encontrar Ripper Roo com sua camisa de força a frente.

 Ripper: HIHAIHAIHAHAH! Crash, aí está você! Que tal mais um round de loucura? Que a melhor explosão vença!

 Ele pega um caixa de TNT e joga em Crash, que desvia, mas acaba explodindo na parede da caverna e faz ela começar a ruir. Ripper Roo então foge com o cristal e você deve persegui-lo.

 Agora é quase uma parte de perseguição ao contrário. Você deverá seguir Ripper Roo enquanto desvia de obstáculos e de caixas de TNT e Nitro que ele joga. Também é necessário ir sempre pelo mesmo caminho que ele, porque há várias ramificações no túnel da caverna, caso contrário você acabará caindo em uma armadilha.

 Quando ele pular em um buraco a fase de perseguição acaba e você deve segui-lo até lá. Há algumas Wumpas a frente e, caso não tenha morrido uma única vez, um nível secreto será habilitado. É só dar uma barrigada em um círculo com o símbolo de uma caveira e você entrará em uma fase bônus, que é uma caverna vulcânica. Andando um pouco você poderá ver Dingodile calibrando sua arma de fogo abaixo do chão, fazendo uma referência a próxima fase. Mas isso só é habilitado se você não lutou com ele ainda. Se você conseguir quebrar todas as caixas sem morrer, a gema azul aparecerá no final da fase e uma plataforma o levará de volta a fase normal.

 Ao atravessar o túnel você se encontrará em um penhasco enorme, com várias plataformas flutuantes no vazio. Ripper Roo pegará uma plataforma com os pés e joga-a para Crash. Ele, sem suspeitar de nada, pisa nela. Mas logo ouve barulhos familiares e olha para baixo. A plataforma tem três circunferências centralizadas. Logo cada uma começa a ficar laranja, com o barulho da TNT. Crash age rápido e pula para outra plataforma, enquanto a outra explode, fechando a passagem.

 Ripper: Hiahihahaaha! Será tão bom ver você explodindo, finalmente!

 Agora começa a batalha contra Ripper Roo. A Jogabilidade é bem parecida com suas outras batalhas nos outros jogos. Você deverá pular de plataforma em plataforma para fugir de Ripper Roo. Nesse meio tempo ele lhe provocará, falando inglês fluentemente. Quando encontrar uma plataforma com três circunferências, você terá que pular em outras plataformas primeiro para poder atrasar Ripper Roo. Caso conseguir fazer isso e pular na plataforma, ela iniciará o contador e, ao Ripper pular nela, a mesma explodirá, levando um pedaço da vida dele embora.

 Como a explosão afeta sua cabeça, Ripper Roo agora começa a falar coisas um pouco incompreensíveis e começa a variar a plataforma em que pula, tornando um pouco mais difícil que você o atraia para a plataforma explosiva. Mas ao conseguir fazer isso, ele perde mais um pouco do HP.

 Agora ele fica totalmente louco, com seus olhos em espiral e sua risada clássica no lugar da fala. Ele começará a pular aleatoriamente, explodindo várias plataformas explosivas. No entanto, um momento ele ficará cansado, aí você terá que girar nele para que o mesmo caia em uma plataforma ativada. Jogá-lo para outro lado fará com que você tenha que esperar ele pular nas plataformas de novo.

 O canguru é jogado até uma plataforma um pouco maior, no centro do penhasco. Quando ele se levanta e se recupera da queda, olha para baixo e percebe que caiu em uma plataforma com cinco circunferências, demonstrando ser claramente mais forte. Ele olha para a tela com um olhar triste e o local onde ele está explode, levando também várias outras plataformas, o que causa um desabamento ainda maior na caverna. Enquanto Ripper é jogado para o abismo, seu cristal se solta de sua roupa e Crash consegue pegá-lo. Vendo a situação da caverna, ele se teletransporta novamente para a Warp Room. Caso tenha destruído todas as caixas, uma gema caíra na cabeça de Crash e será teleportada junto com ele.

Warp #2

Boss: Dingodile

 Gema dourada: Destrua todas as caixas

 Gema vermelha: Passe o Bônus Death destruindo todas as caixas

 Crash aparecerá em um cenário vulcânico, com um caminho estreito a frente

 Cenário: Uma caverna vulcânica, com vários rios de lava, lava caindo do teto, lava escorrendo pela parede, lava em todo lugar. Também há plataformas instáveis, que caem alguns momentos depois de serem pisadas.

 Jogabilidade: Plataforma (Crash)

 Inimigos: Formigas operantes gigantes

 Depois de passar de alguns obstáculos e derrotar inimigos, você chegará a um beco sem saída, onde a câmera se transformará em 2D. A parede avermelhada há vários buracos. Subitamente uma rajada de fogo surge de um dos buracos bem a frente de Crash. Dingodile aparecerá de trás da parede quando a mesma desaparecer. Você deverá desviar das rajadas de fogo soltas por Dingodile, o que é um pouco difícil, já que ele é rápido e periodicamente joga pequenos mísseis para cima que cairão em cima de você. Ele então se cansará e apontará a arma para cima, carregando algum ataque. Quando ele atirar se deslocará um pouco para o lado. Corra até ele rapidamente e quando um míssil chegar perto de você desvie. O míssil ira atingir o chão, acertar Dingodile e destruir a parede.

 Será aberta uma passagem. Nela estará o bônus e mais alguns desafios. Depois de conseguir chegar a uma determinada parte, haverá um enorme abismo com várias plataformas instáveis, levantando e caindo a todo momento. Você terá que ter um pouco de habilidade para poder passar. Em uma dessas plataformas haverá o Death Bonus.

 Ao conseguir passar do abismo, você encontrará Dingodile novamente.

 Dingodile: Hehe, finalmente, Crash. Meu lança-chamas está doido para incinerar esses seus dentes de roedores! Aquela luta no gelo não passou de um aquecimento! A nossa batalha final começa... – Ele olha para o relógio no pulso. – daqui a alguns momentos. Apenas desça na plataforma que eu estou descendo agora e venha até mim. Vamos decidir quem é o melhor mutante aqui.

 A plataforma circular onde Dingodile está começará a descer e alguns segundos depois ele voltará, vazia. Para prosseguir basta pisar no centro dela.

 Ao chegar no cenário circular onde deveria ocorrer a Boss Fight, Crash coça o pelo, olhando para os lados, já que Dingodile não está lá. Então repentinamente, a plataforma se inclina como uma mola e joga Crash direto na parede, onde lava começa a escorrer, fazendo com que ele se desprenda dela rapidamente. De onde a plataforma estava, Dingodile aparece, com um campo de força o protegendo e a plataforma servindo como um teto, impedindo que Crash pule nele.

 Dingodile: Vê? Depois que me derrotou eu fiquei por muito tempo analisando você, Crash. Você sempre se apodera das falhas dos inimigos, de suas lacunas. Sempre que ele vacila, você ataca. Mas não agora. Eu preparei esse cenário especialmente para você. Nenhum giro e nenhum pulo poderá me acertar. A parede é coberta de lava e tentar fugir para lá apenas te derreterá. Hahaha, você é meu agora, Crash Bandi—

 Antes que Dingodile pudesse terminar de falar, Uma figura musculosa cai do teto em direção a Dingodile, destruindo a plataforma de proteção, desativando o campo de força e esmagando o híbrido. Logo Koala Kong se revela, flexionando seus músculos.

 Koala Kong: Sentiu saudades de mim, Crash? Oh, tanto tempo sem nos encontrarmos... Sabe, Hollywood está precisando de um pouco mais de ação e de drama. E eu sei exatamente onde encontrar isso.

 Crash: Glup

 A luta começa. Koala Kong tem quatro partições de vida. Ele pega algumas pedras do chão e começa a jogar em você, que tem que desviá-las. Depois de algum tempo ele começará a te perseguir dando pequenos saltos (semelhante a Tiny Tiger). Nesse momento você terá que girar em Dingodile, para que ele comece a recobrar a consciência e começar a acordar. Quando ele estiver totalmente atento, faça com que Koala Kong entre na frente dele. Se você ficar na frente de Dingodile por um segundo ele ira te atacar com o lança chamas e Koala Kong reiniciará a primeira parte, pulando em Dingodile novamente. Se você tiver sucesso em atrair Koala Kong para Dingodile o mesmo ficará com raiva dele e soltará uma rajada de fogo no coala, que ficará desesperado tentando apagar as chamas. Aproveite que sua guarda está baixa e de um giro nele. Ele irá cair em cima de Dingodile e perder um pedaço da vida. Ele então irá se levantar e repetir o mesmo padrão, mas mais agressivo. Repita isso mais duas vezes.

  Na quarta rodada Koala Kong jogará pedras incessantemente em cima de Dingodile, que está acordado mas não consegue se levantar. Quando Koala Kong parar de atacar, vá rapidamente até Dingodile e de uma rasteira nele. O mesmo irá ficar com raiva e começar a atirar mísseis para cima. Koala Kong sai de cima dele e começa a te perseguir. Quando Dingodile se cansar, leve Koala até a frente dele. Ele irá executar a rajada de fogo novamente. Aí é só girar em Koala Kong, que cairá em Dingodile e perderá seu último pedaço de vida. O impacto faz um cristal voar do bolso de Dingodile. Se você tiver quebrado todas as caixas, uma gema dourada também sai do bolso dele.

 Dingodile fica furioso e se levanta, jogando Koala Kong para longe. Ele aponta o lança-chamas para Crash, mas quando percebe ele já está com o cristal e logo é teletransportado.

 Dingodile: Cara, eu gastei todo meu dinheiro nisso. Acho que vou ter que morar em uma cabana até... – Dingodile sente o chão tremendo e ao olhar para o lado vê Koala Kong pulando de raiva. – Uh oh.

 O coala pula tão alto e cai com tanta força que o solo se inclina, jogando Dingodile para longe. Ele atravessa a parede vulcânica e vai parar direto numa região de neve.

 Dingodile: Eu ainda vou acabar com aquele bandi...

 Antes de terminar de falar ele cai no chão e começa a dormir.

Warp #3

Boss: Pinstripe Potoroo

 Gema dourada: Destrua todas as caixas.

 Gema roxa: Bonus Death

 Crash cai de cara no asfalto, amassando sua cara. Ele se levanta e olha para os lados e acaba encontrando um carro vazio. Ele olha para câmera, faz seu clássico olhar para a câmera e pula dentro do carro. Mas, se já não bastasse isso, ele coloca um tijolo no freio e o carro começa a correr em uma velocidade muito alta.

 Cenário: Cidade grande (muito parecida com Las Vegas)

 Jogabilidade: Montaria e Perseguição (Crash)

 Inimigos: Nenhum, apenas o chefe, mas há vários obstáculos

 Haverá várias caixas durante o caminho. Passar por elas é o suficiente para quebra-las, mas atingir uma de TNT, Nitro ou de ferro acabará custando-lhe uma vida ou um Aku Aku. Atingir obstáculos farão o carro explodir e jogar Crash para longe.

 Depois de dirigir por alguns metros, Crash entrará em uma cruzada onde um carro surgirá atrás dele e começará a persegui-lo.

 Pinstripe Potoroo estará no carro atirando em você, enquanto outros dois potoros estão na direção. Aí começa a fase de perseguição, mas como você ainda está no carro, não é necessário correr, apenas desviar dos obstáculos e dos tiros de Potoroo. Quando finalmente passar dele você irá parar em uma arena, onde o carro bate na entrada e Crash é jogado lá dentro. Então Potoroo se aproxima, andando nas paredes da arena e mira sua arma em Crash. Agora a câmera muda para a própria mira da arma, que demarca com círculos o local onde ele vai atirar, mas você ainda controla Crash. As demarcações aparecerão várias vezes ao mesmo tempo, mostrando a ordem de tiro. As vezes elas cobriram a tela toda, deixando apenas um local limpo. Você deve ir até esse local seguro para não ser acertado pelos tiros. Quando Pinstripe ficar sem munição e for recarregar, uma escada aparecerá no canto da arena. Suba nela rapidamente e aplique um giro em Pinstripe. Repita isso mais quatro vezes.

 Quando Pinstripe finalmente for nocauteado ele cairá para trás, mas acabará caindo no assento de um carro. Para prosseguir você deve pular também, onde cairá em um carro mas a entrada para o Bônus Death está bem ao lado do carro. Pule nela para poder entrar no Bônus e conseguir a gema roxa. O cenário é de um esgoto e a Jogabilidade de plataforma. Quando voltar para a fase Crash irá automaticamente pular no carro e você correrá de novo. Mas dessa vez você perseguirá Pinstripe que atirará em você e será preciso desviar. Depois de algum tempo Pinstripe atirará no pneu do carro e você perderá o controle. O veículo irá bater e Crash voará para longe. No entanto ele acaba caindo em um carro rosa. Ao olhar para o lado ele percebe Coco pilotando.

 Coco: Não se preocupa, irmãozão, Coco sempre está preparada para a ação!

 Crash pega uma bazuca de wumpas que está no porta-luvas (Não me pergunte como ela coube ali) e mira no carro de Pinstripe. Agora você deverá atingir o carro do potaro várias vezes, mas isso não será uma tarefa muito fácil, já que ele desvia muito rápido e vários obstáculos poderão entrar na frente. Além de que se você demorar muito, O carro onde você está será destruído e você terá que começar a perseguição de novo.

 Quando você finalmente dá um fim no veículo de Potoroo, ele sai com as mãos para cima, com um cristal na mão. Se você destruiu todas as caixas ele lhe entregará uma gema também. Crash pega as relíquias imediatamente, mas Pinstripe pega sua arma e mira na cabeça de Crash, o prendendo na parede. Coco tenta reagir mas é parada pelos capangas dele, que também recebe um corte na bochecha.

 Pinstripe: Enfim nos vemos de novo, Crash. É melhor começar a rezar se você não quer...

 Ele é interrompido quando alguém o soca na cabeça. Quando ele cai no chão, Tawna é revelada. Crash sorri e abre os braços, mas Tawna não faz o mesmo.

 Tawna: Não, Crash, isso não quer dizer que voltamos. Você é legal, mas não faz bem meu tipo.

 Crash fica triste e vai até Coco, mas Tawna se sente mal e lhe dá um beijo na bochecha.

 Tawna: Bem, talvez nós podemos nos encontrar algum outro dia.

 Crash dá um pulo de felicidade e nocauteia os dois capangas que seguravam Coco com sua bazuca. Então os dois são teletransportado novamente.

 Tawna olha para Pinstripe tentando acordar.

 Tawna: Era pra hoje ser um jantar romântico. Homens...

Warp #4

Boss: Rilla Roo

 Gema dourada: Destrua todas as caixas.

 Gema laranja: Não morra nenhuma vez.

 Crash aparece agora no meio de um deserto, com vários cactos e caixas a frente.

 Cenário: Deserto de areia

 Jogabilidade: Plataforma e perseguição (Crash)

  Inimigos: Eh... É literalmente um deserto

 É literalmente a fase mais fácil do jogo. Não há bônus, não há inimigos, não há pulos maiores do que um pé de largura. Apenas areia, Crash e cactos.

 Ao chegar no fim da fase você se deparará com outro abismo. No centro há uma plataforma circular flutuante com um gorila no meio. Ele levanta seu cristal e começa a gritar:

 Rilla Roo: Finalmente! Finalmente a minha primeira aparição importante! Eu fiquei fora dos holofotes por tanto tempo... E a única aparição que eu tive foi na droga de um spin-off! Mas agora, eu tenho um cristal do poder e o protagonista herói a minha frente... Hoohoohaha, eu irei fazer você em pedacinhos tão pequenos que apenas vai sobrar eu para contar história! Você nunca verá a luz do dia novamente! Guarde essas palavras e o meu nome: RILLA ROO! HOOHOOHAHAHAHAHAHAHA!

 Uma plataforma flutuante surgirá a sua frente. Pise nela e ela começará a te levar para Rilla Roo. Enquanto você é levado até ele, o mesmo segura o cristal fortemente e sua barra de vida começa a aumentar de tamanha, ficando cada vez mais grande. Então ela começa a deslizar para o lado para que ela pudesse continuar aumentando. Rilla Roo apenas ri, enquanto continua aumentando de tamanho.

  Ao chegar na plataforma, a vida de Rilla Roo estará cobrindo 30% da tela e ele estará tão grande que sua perna fica do tamanho de Crash. Aproveite que ele está distraído rindo e gire em sua perna.

 Ele não perderá nada de vida, mas cobrirá a perna com os braços e começará a pular por causa da dor na mesma. Logo ele acaba perdendo o equilibro e cai para fora da plataforma. Um tremor é ouvido no chão e toda a barra de vida de Rilla Roo é esvaziada em um instante. O cristal que ele estava segurando cai na plataforma e Crash o pega.

 Aku Aku: Hm, isso foi mais fácil do que eu esperava.

 Crash faz um sinal de joinha e ele começa a ser teletransportado. No entanto, algo pula na plataforma com força tão grande que Crash é jogado para longe, se separando do cristal. Atrás dele, Rilla Roo aparece rugindo de raiva. Aí começa a parte da perseguição.

 No entanto, é muito difícil. O híbrido jogará várias caixas de nitro em você, enquanto carroças cheias de feno passam frequentemente a sua frente, espinhos surgem do chão, casas desmoronam enquanto você está dentro delas e trens surgindo aleatoriamente, fazendo com que você deva pular por cima deles e ainda perder velocidade por estar indo na oposição contrária de você.

 Ao chegar no final, Rilla Roo será atropelado por um trem e jogado direto na cadeia, onde ele grita ameaças para você, choramingando.

 Você finalmente encontra o cristal e as duas gemas, caso você tenha destruído todas as caixas e não morrido uma única vez.

Warp #5

Irmãos Komodo

 Gema dourada: Quebre todas as caixas.

 Gema verde: Acesse um caminho secreto desbloqueável apenas se você tiver todas as outras quatro gemas.

 Crash surge em cima de um dragão serpente voando pelo ar. Ele logo se desespera e começa a correr da lá para cá, mas quando percebe é apenas uma fantasia. Ele pula dela até o teto de uma casa e começa a procurar o paradeiro do cristal.

 Cenário: Uma cidade chinesa

 Jogabilidade: Plataforma (Crash)

 Inimigos: Serpentes voadoras.

 Você deverá pular de teto em teto para poder prosseguir. Serpentes voadoras apareceram frequentemente, atravessando os tetos como um arco. Encostar nelas desencadeia a morte. Se você tiver coletado todas as outras gemas, uma escada será formada por elas e a última gema/degrau servirá como um elevador, onde te levará para cima das nuvens. Quebrar todas as caixas lá presente irá liberar a gema verde.

 Depois de algum tempo, uma faca irá cair bem na frente de Crash. Komodo Joe irá aparecer no teto a sua frente e começará a te perseguir, enquanto Komodo Moe joga facas de longe. Você deve continuar indo para frente, evitando as facas. Para saber onde elas vão cair basta apenas se guiar pela sombra. Lembrando que Joe poderá te acertar de outro teto devido a sua espada, então tome cuidado.

 Quando você conseguir chegar ao final dos telhados se deparará com um trampolim. Pule nele e você será jogado para longe.

 E adivinha onde Crash cai? Exato, na muralha da china. Se você olhar para o chão poderá ver pegadas de tigre no mármore. Depois de andar e passar pelos obstáculos você encontrará os dois Komodos em cima de uma torre.

 Joe: Bem-vindo, Crash, ao novo campo de batalha! Essstá pronto para competir? – Ele pega uma TNT ao seu lado – Então que o show começçe!

 Joe joga a caixa na frente de Crash, e a mesma explode, deixando um buraco no chão, como uma divisória. Joe pula do outro lado da divisória e ergue sua espada. A câmera se afasta a ponto de poder mostrar Moe, que prepara suas facas para serem lançadas.

 A batalha começa. Eles têm cinco de vida. Moe joga algumas facas que ficam girando por um tempo no ar, para demarcar onde vão cair. Basta apenas desviar delas. Quando essa parte passar, Joe fará cortes no ar com sua espada. Quando ele fizer um corte baixo, pule. Quando fizer um corte alto, se abaixe. Ele então se preparará para cravar a espada no chão. Um pouco antes de Joe conseguir fazer isso, pule em sua direção e de uma barrigada. Atrasar em pular vai fazer com que você seja atingido pela espada. Faça isso mais duas vezes, sendo que cada vez mais eles ficam mais agressivos e levam mais tempo para terminar de executar os ataques.

 Na quarta parte Moe lançará as facas ao mesmo tempo que Joe lhe ataca, então você terá que tomar muito mais cuidado. Mas é só fazer o mesmo processo de antes. Agora repita isso de novo e Joe irá perder o equilíbrio, caindo no buraco da muralha.

 Moe olhará para Crash e jogará suas facas em uma velocidade muito alta. Desvie de todas por algum tempo. Uma hora Joe irá aparecer se segurando na borda do buraco criado pela TNT, ainda atordoado. Quando isso acontecer, pule na cabeça dele, o que te dará um impulso para chegar até Moe. Crash irá automaticamente dar um giro no komodo e ele irá ser jogado para trás, inconsciente. Crash pegará o cristal que está com ele e será teletransportado de volta para a Warp Room.

Cutscene 6

 Crash chega em Coco’s VR Hub deslizando e jogando o cristal para cima, logo o pegando. Ele faz sua dança da vitória e vê Coco se aproximando.

 Coco: Isso, Crash! Você conseguiu! Parabéns! Estou muito orgulhosa, você é o melhor! Agora dê os cristais para mim.

 Crash desobedece, achando que tem algo de estranho nela.

 Coco: Vamos, Crash – Ela força um sorriso – Devolva-os para mim...

 Aku Aku: Coco, eu não me lembro desses cristais terem sido propriedades sua um dia.

 Coco: Hah, eu só estou querendo dizer que...

 Crash olha para sua bochecha e percebe que o corte feito pelos capangas de Pinstripe não estava mais ali e Crash segura os cristais com toda sua força.

 Coco: Qual é, pessoal, vocês sempre podem confiar em

 Coco não termina de falar e dá um chute na barriga de Crash, que solta os cristais, permitindo que coco os pegue.

 Ela corre até a plataforma presente no meio da instalação, mas Aku Aku entra na frente, a impedindo.

 Coco: Sai da frente, isso é importante!

 Aku Aku: Se é tão importante por que não compartilha conosco?

 Coco: Hm...

 Coco pega Aku Aku com as próprias mãos e o joga longe. Ela corre até a plataforma e se vira para Crash e Aku Aku, enquanto sorri vitoriosa.

Coco...?: Não tão rápido assim!

 Coco surge no meio da escuridão e aplica um golpe de caratê em Coco... Aplica um golpe de caratê na Coco falsa. Ela cai no chão soltando faíscas e defeituosa. No entanto, os cristais são sugados pela luz emitida pela plataforma e somem.

 Coco robô: Há, eazy peasy!

 Após falar isso ela é desativada.

 Coco: Oh, não. – Ela coloca a mão na boca. – Tanto esforço para nada. Eu não queria, eu... Eu só fiquei fora por um tempo e ela... Ah, meu Deus, foi tudo culpa minha.

 Crash coloca a mão no ombro de Coco para consolá-la.

 Aku Aku: Não se preocupe, Coco, não foi culpa sua.

 Nesse exato momento o holograma de Uka Uka aparece.

 Uka Uka: Sim! Foi culpa sua! Agora os cristais pertencem a mim! Minha arma estará pronta em muito pouco tempo... E tudo isso por sua culpa! Seu irmão quase morreu tentando pegar esses cristais e você perde eles em segundos! Hah, Crash, as vezes eu tenho pena de você. Bem, vejo vocês em... Ah, certo, nunca mais.

 O holograma some, deixando apenas os três no local. Crash está com uma visível cara de raiva enquanto Coco está cabisbaixa.

 Aku Aku: Não dê ouvidos para ele, Coco, ele só está tentando desabar o nosso time. Eu sei que você é capaz de derrotar eles.

 Coco olha para Crash, que sorri como afirmação.

 Coco: Ok, eu estou trabalhando em uma nave espacial rápida e versátil. Ela já está pronta para uso. Se a usarmos poderemos ir até a nave de Uka Uka e por um fim naquela arma secreta dele.

 Ela aperta um botão e o chão da sala se abre. Uma plataforma se ergue com uma nave verde em cima dela.

 Coco: Vocês estão preparados?

Crash e Aku Aku acenam e Coco corre para a nave, junto com Polar e Pura.

Coco’s VR Hub

 Aqui só servirá caso você queira enfrentar algum chefe de novo para coletar as gemas e fazer o time trial ou salvar/carregar o jogo. Não precisa se preocupar muito, pois depois você pode voltar. Para prosseguir vá até a nave.

O teto se abre e o veículo espacial decola.

Sky cutters

 Cenário: Céu (primeira parte) e espaço (segunda parte)

 Jogabilidade: Space Shooter (Coco)

 Inimigos: Pequenas naves robôs embutidas com metralhadores e mísseis (primeira parte) e naves grandes com maior defesa, maior ataque e agora com mísseis teleguiados (segunda parte)

X: Acelerar

: Atirar

: Míssil

: Status.

 Você estará na nave de Coco, que subirá automaticamente, mas você ainda controlará para onde ele irá. Irá funcionar como as fases de avião dos outros Crash’s, mas aqui você só desvia e ataca. Quando sair da atmosfera e passar para segunda fase, você irá em linha reta em direção a nave, como a jogabilidade de Starfox.  

 Ao chegar no final da fase Coco irá hackear a nave, mas só conseguirá abrir uma “garagem”. Lá dentro estará uma nave, na qual Coco destruíra com seu míssil e então pousará lá dentro, fechando a entrada.

 Os três sairão da nave e abrirão uma porta, levando para o interior da nave.

 Coco: Eu fico na cobertura. Vou estar com a nave, e se algo acontecer eu vou aparecer para ajudar.

 Crash assente e vai até a entrada.

Uka Uka’s Spaceship

 Cenário: Parecido com o Laboratório de Cortex, mas agora há muito mais cabos no teto e no chão. Os que estão cobertos de faíscam te matam caso você encoste neles. Há também janelas que mostram o espaço e a Terra em vários lugares. A gravidade é baixa, ou seja, você ficará um pouco mais de tempo no ar e a barrigada não funciona.

 Jogabilidade: Plataforma (Crash)

 Inimigos: Os mesmos do Laboratório de Cortex.

 De agora em diante não haverá gemas para coletar. Você deverá continuar seguindo a fase normalmente, até achar um corredor que te leva para direita. Nessa parte alguém conhecido irá aparecer. Ele irá aparecer escondido e cochichar:

 N. Brio: Crash, você está aqui, mumhuhuhuh. Escute, o plano de Uka Uka consiste em usar sua arma secreta para transformar o mundo em um completo globo de neve. Ele chamou N. Tropy, N. Gin e a mim para poder construí-la. Sabe, eu não acho que eu ainda queira dominar o mundo. Por isso, peço que você ache algum jeito de destruir a máquina. Mas a passagem até ela está bloqueada por uma porta muito forte. Para atravessá-la você precisará de...

 N. Tropy: Nitrus Brio! Você está se aliando com o Bandicoot de novo?

 N. Brio olha para trás assustado.

 N. Brio: Não! Mumhumuhmhumh, eu só estou... atrasando-o.

 N. Tropy pega seu cajado: Bem, então eu mesmo acabo com ele.

 O relógio ambulante atira um raio de seu cetro, mas Crash o rebate e o mesmo ricocheteia na parede até atingir N. Brio, que é cercado por um campo de força e desaparece.

 N. Tropy: Opa...

 Ele corre e desaparece. Você terá que segui-lo para continuar.

 Você se deparará com outro abismo... A porta atrás de você se fechará e várias plataformas giratórias quadradas cobriram o enorme buraco. Ou seja, é possível pisar nelas quando estão posicionadas horizontalmente, mas o mesmo não ocorre quando são verticais. N. Tropy estará na plataforma do meio, enquanto N. Gin está em um suporte ao lado de uma lança-misseis no canto superior da sala.

 N. Tropy: Essa a última vez que você se intromete em nossos planos, Crash. – Ele pega o cetro e se prepara – N. Gin, inicie o lançamento de mísseis.

Boss: Nefarious Tropy

 A barra de vida de N. Tropy subirá para três. Ele irá bater o cajado no chão e fazer com que todas as plataformas com dois metros platafórmicos (essa palavra existe?) de distância, para que Crash não possa alcança-lo. Logo misseis começarão a cair de onde N. Gin está em sua direção. Desvie de todos, até que N. Tropy irá levantar o cajado. Toda vez que isso acontecer, as plataformas que irão ser alteradas serão marcadas por um contorno laranja; ou seja, as plataformas horizontais irão se tornar verticais e vice-versa. Caso a plataforma em que você estiver estiver marcada, pule em direção a uma plataforma vertical marcada que irá logo se transformar em um horizontal ou uma horizontal que não está marcada. Quando N. Tropy bater o cajado no chão, a mudança ocorrerá.
 Ele fará isso várias vezes, mudando as plataformas aleatoriamente. Aqui não tem segredo. Vá na direção dele, aproveitando as mudanças de plataforma e quando finalmente alcança-lo aplique o giro. Ele irá ficar atordoado, mas logo irá recobrar a consciência e cravar o cajado no chão. Isso jogará Crash até a última fileira de plataformas e restaurar todas elas ao estado como estava antes. Isso se repetirá mais duas vezes.

 Na última vez, porém, N. Tropy crava o cajado no chão tão fortemente que Crash é jogado diretamente onde N. Gin está, fazendo-o desmaiar pelo impacto. N. Tropy sacude a cabeça um pouco atordoado e olha para os lados. A câmera mostrará as plataformas deslizando para o lado, tornando-se verticais três vezes de ângulos diferentes, com sons dramáticos. N. Tropy então olha para baixo lentamente e percebe o erro que cometeu ao ver que a plataforma que ele se encontra está deslizando para o lado também.

 N. Tropy: EU ODEIO BANDICOOTS!

 E então o mesmo é jogado para o abismo, enquanto todo o piso se torna inacessível.

 A porta atrás de N. Gin se abrirá, revelando um novo caminho. Siga por ele até encontrar a próxima fase.

 Crash e Aku Aku chegarão até uma ladeira, com vários inimigos e obstáculos abaixo.

 Aku Aku: Como poderemos passar por isso a pé? Temos que arrumar outro jeito.

 Justamente nesse momento Polar consegue alcançar Crash, ofegante e cansado. Crash olha para Polar e para a rampa. A câmera foca na cara de Crash, depois na de Polar, confuso, na de Crash, na de Polar assustado, na de Crash e na de Polar, tremendo.

 Crash se vira para a câmera, que dá um close em seus olhos, se remexendo. Ele então pula nas costas de Polar e começa a nova fase de montaria.

Polar Ramp

 Cenário: Um declive com vários boosts no chão, o que torna tudo muito rápido, semelhante as fases de Humilskate em Crash Twinsanity. Há várias caixas, Minions que tentam te parar, obstáculos e buracos.

 Jogabilidade: Montaria (Crash)

 Inimigos: Os mesmos Minions. Alguns ficam parados, outros se movem de um lado para outro e outros até te perseguem.

 No decorrer da fase também aparecerão caixas novas. TNTS gigantes que causam uma explosão gigante caso você colida com elas.

 No final da fase Crash irá bater em uma barreira e ele irá girar no ar, jogando Polar para frente, este que entra em um traje espacial e vai em direção a uma pequena passagem de cachorro (não me pergunte porque tem uma porta de cachorro em uma nave espacial) levando junto com sigo uma TNT gigante. Os dois começam a flutuar no espaço, próximos a nave. Crash ficará confuso mas logo é interrompido quando a voz de Uka Uka aparece.

Cutscene 7

 Uka Uka: Finalmente você está aqui, Crash. Não é o meu propósito querer lutar com você, mas um desafio é sempre interessante. Você se provou forte mais uma vez. Derrotou todos os meus capangas, passou por aqueles três tolos e agora está na minha frente.

 Aku Aku: Nós já sabemos o que você está tentando fazer, Uka Uka. Nós estamos aqui para te impedir!

 Uka Uka: Claro, como vocês sempre fazem! Mas não dessa vez. Aquela arma irá soltar um raio que cobrirá a terra toda e lentificará cada átomo presente na atmosfera. Tudo ficará tão frio que serão obrigados a servir a mim para não morrerem congelados! Mwahahahaha!

 Crash se preparará para lutar com Uka Uka, mas o mesmo recua.

 Uka Uka: Não tão rápido, amigo. Eu ainda preciso de... alguns ajustes antes de começar a batalha.

 Armas começaram a surgir do chão. Duas metralhadoras no chão, dois atiradores concentrados de plasmas no canto superior de cada parede e um atirador de raio superconcentrado. Uma haste com uma interface retangular irá se erguer. Ela tem vários fios conectados as armas, ou seja, o controle delas. Uka Uka entra na frente da interface e se acopla a ela. As armas logo se ativam e miram em Crash, que se distancia alguns passos.

 Mas Coco aparece do teto, dando um pulo em uma das armas e caindo estilosamente ao lado de Crash.

 Coco: Pode vir, Uka Uka, os Irmãos Bandicoot estão na jogada!

Boss: Uka Uka

 Uka Uka tem vinte barras de vida. A arma presente no meio aleatoriamente atacará, sem nenhuma ordem. Quando fizer isso ela soltará uma luz amarela e você deve pular, pois a força do raio atingirá todo o chão. Ele começará atirando com as metralhadoras acopladas no chão. Apesar dela se mover lentamente, os tiros por segundo são muito rápidos. Quando ela parar, as armas de plasma serão ativadas. Ela irá carregar o tiro e começará a atirar. Nesse momento basta apenas girar em um tiro, mas eles são até rápidos, o que torna o processo um pouco mais difícil. Ele irá rebater em uma das armas.

 A ordem é: Metralhadora direita, metralhadora esquerda, plasma direito, plasma esquerdo.

 Para cada um, será necessário acertar quinze vezes. Mas Coco lhe ajudará e quanto mais você avançar, mais Uka Uka usará a arma de plasma, o que torna o processo mais rápido.

 Quando todas as armas forem destruídas, A arma de raio concentrado sobrecarregará tanto que explodirá todo o mecanismo, deixando ele em pedaços.

 Uka Uka: Não! Vocês... Vocês... Vocês são muito idiotas pensando que me venceram! Isso foi apenas outro atraso! Hehehehehehe... Essa foi sua última batalha, Crash.

 Uka Uka então desaparecerá.

 Coco: Ele foi para trás daquela porta! Temos que abri-la para conseguir passa-la!

 Eles se aproximam da porta gigante, mas é muito forte para derrubar e não há nenhuma chave por perto.

 Aku Aku: Essas formas presentes nela... Isso, são diamantes! Precisamos das gemas para poder abri-las. Dez delas. Crash, você sabe onde elas estão?

 Crash acena com a cabeça.

Caso você não tenha todas as gemas:

 Eles correrão até a nave de Coco, que agora está parada a alguns metros dali. Na nave eles voltarão para o Coco’s VR Hub. Nesse momento você poderá rejogar as fases e conseguir as gemas que faltam.

 Depois de conseguir todas as gemas basta ir até a nave de Coco e vocês voltarão para o exato momento onde estavam.

 Depois disso prosseguirá da mesma forma. Você assumirá o controle de Crash e bastará apenas ir até o portão, onde as gemas irão subir e preencher os desenhos nela. Vapor será expelido da lacuna no meio do portão e ele finalmente será aberto.

Cutscene 8

 Eles entram em uma sala com uma janela apontando diretamente para a Terra. Na varanda de mármore, à frente da janela, está o que parece ser um canhão, apontando diretamente para o planeta. Polar também aparece, tentando ir para a nave em seu traje espacial nada proporcional ao seu corpo. Uka Uka, N. Gin e Tropy estão logo à frente, discutindo.

 Uka Uka: Como vocês conseguem ser tão imbecis a ponto de deixar ele escapar mais uma vez?

 N. Gin: Mas, Senhor Uka Uka, foi tudo culpa de N. Tropy, ele que...

 Uka Uka: CALADO! – Ele olha para Crash e Coco e se sente surpreso. – Ora, ora, vocês chegaram. Sinceramente, eu pensei que ficariam presos lá fora para sempre. Mas como todo bom Bandicoot...

 Crash fica impaciente e corre até Uka Uka, visando derrota-lo rapidamente. No entanto, N. Gin puxa uma alavanca que faz com que uma luva de boxe voadora surga da parede e bata em Crash. N. Tropy usa seu cajado para abrir a janela. Crash será levado pela luva voador até o espaço, onde ele se obriga a guardar o oxigênio nos pulmões. A janela logo é fechada e eles se viram para Coco e Aku Aku.

 Aku Aku: Uka Uka, você não sabe o que está fazendo! Isso irá trazer consequências desastrosas para todos! Até você!

 Coco: Já chega disso! É hora de pôr o que eu aprendi nas minhas aulas em ação!

 Coco se prepara para atacar, mas antes que pudesse fazer algo uma jaula cai sobre ela, a prendendo.

 Uka Uka: Preparado para ver seu mundo verde se tornar branco em um instante, irmão? N. Gin, faça as honras. E cuidado para não falhar dessa vez.

 N. Gin prepara o ativamento da arma e puxa a alavanca.

 N. Gin: Mhehehehehe, isso será magnifico! O mundo inteiro para nós!

 A câmera muda para o espaço, onde Crash já está roxo de tanto segurar o ar. Quando ele olha para a arma sendo ativada entra em desespero. Ele usa a luva como impulso e chega até um objeto flutuando junto com ele. O bandicoot segura a TNT gigante com as mãos, fecha os olhos e mira em direção a arma. No momento em que ele joga a caixa em direção ao canhão é aplicado o efeito de Slow motion.

 A TNT se aproxima lentamente do buraco do canhão gigante, enquanto o contador começa a ficar cada vez mais lento. Quando ele chega no 1, o mesmo entra dentro do canhão e começa a apitar nervosamente.

 Uka Uka: Não, não! DE NOVO N—

 A TNT explode, não só destruindo a arma, mas causando um impacto tão grande que o próprio efeito da arma atinge a nave inteira. Coco se encolhe para não ser acertada pela explosão de luz branca, mas Aku Aku entra na frente, criando um campo de força enquanto a jaula se transforma em gelo e é destruída em milhares de pedaços.

 A câmera muda para um lugar escuro. A iluminação toma conta da parede e a sombra do que parece ser um bebê fica cada vez maior.

 Quando a claridade passa, toda a nave está congelada. N. Gin está atrás de N. Tropy, que segura Uka Uka nas mãos como se estivesse tentando se proteger. No entanto, todos estão congelados. Uka Uka, porém, fica com tanta raiva que treme e libera uma radiação de calor que derrete o gelo que cobria os três.

 Uka Uka: Tanto esforço... PARA NADA! Eu vou jogar vocês para fora daqui imediatamente! Vocês tinham um único propósito... E FALHARAM DE NOVO! – Ele se aproxima do botão presente perto da janela. – Até a próxima reunião de Vilões, se vocês conseguirem continuar vivos até lá.

 Então Uka Uka pressiona o botão e a uma escotilha atrás dos dois cientistas se abre. Eles tentam correr, mas a pressão do ar os joga para fora da nave, os levando direto para terra. N. Tropy acaba por pegar Polar nos braços, sem querer. Este cujo estava quase chegando na nave enlouquece de raiva.

 Ao chegar na Terra eles caem direto no mar das Ilhas Wumpas, perto do navio de N. Gin, onde N. Brio está lutando para conseguir nadar.

 N. Tropy: Bem, não foi tão ruim assim.

 Da nave de Uka Uka, os destroços da arma se ativam uma última vez e lança um raio concentrado direto onde os três estão, os congelando na água.

 Uka Uka olhará com uma expressão de raiva intensa para Aku Aku e Coco.

 Uka Uka: Essa foi a última vez que vocês atrapalharam em meus planos.

 O chão se abre abaixo de Uka Uka, onde um robô gigante começa a surgir. Nele está localizado Neo Cortex, inconsciente. A máscara maligna se vestirá na cara do cientista e tomará controle dele, aprimorando também o robô. O frio faz com que Coco não consiga se mover muito bem e ela não consegue reagira. A mão direita do robô se transforma em uma espada e a direita em um canhão de plasma. O canhão está carregando, prestes a atirar.

 Uka Uka: Essa é a última vez que eu vejo as suas caras insignificantes de novo.

 E ele ataca.

 No entanto, outro robô aparece na frente dele, bloqueando o ataque.

 Coco: CRASH!

 Definitivamente é Crash dentro do robô que foi teoricamente destruído por Coco. No entanto, agora ele está totalmente lícito e a fonte de energia são as dez gemas coletadas.

 Aku Aku: Você foi bem esperto procurando isso na própria nave, Crash! Vamos acabar com isso de uma vez por todas.

Boss Final: Neo Cortex (Uka Uka)

 Você está no controle do poderoso robô com quem lutou no começo do jogo.

 X: Chute

: Giro (Com as lâminas no lugar do braço)

: Atirar

: Perfurar com os braços de furadeira

 O sistema agora é de vida novamente. Vocês dois terão a mesma quantidade de vida. Basta desviar e atacar. No entanto, Coco lhe ajudará atirando com uma arma improvisada de plasma atirando em Uka Uka, que é extremamente agressivo.

 Quando a vida dele chegar ao final, a luta acaba.

Cutscene final

 Crash usará seu braço furadeira para perfurar o peito do robô, que caíra desativado no painel de controle. Uka Uka sairá do rosto de Cortex, que se levantará, finalmente. Seus olhos agora não estão mais vermelhos, como se ele passasse a maior parte do tempo dormindo, como um bebê.

 Cortex: Onde... Onde eu estou?

 Uka Uka: DE NOVO! EU FALHEI DE NOVO! ISSO NÃO É ACEITÁVEL! NÃO É ACEITÁVEL! CRASH BANDICOOT, ME OUÇA! EU IREI VOLTAR, EU IREI VOLTAR! NEO CORTEX, ESPERO QUE TENHA ALGUMA CARTA NA MANGA PARA VENCÊ-LOS, PORQUE SENÃO...

 O sistema está sofrendo defeitos sérios. O sistema está sofrendo defeitos sérios.

 Um alarme começará a soar, com todos os mecanismos soltando faíscas e a luz falhando.

 Cortex: Crash Bandicoot! Aí está você! Por todo esse tempo como um...

 Uka Uka: Sem tempo para isso! Preciso arrumar algum jeito de sair daqui agora!

 Cortex: Você não planejou nenhuma cápsula de fuga?

 Uka Uka: Por que eu faria isso?

 Cortex bata em sua própria testa e balança a cabeça, desanimado.

 Cortex: O que acha de arrumarmos um lugar seguro e construir uma estação espacial? Não temos nada a perder com esses recursos aqui, mesmo...

 Uka Uka: ÓTIMA IDEIA! Faça isso agora!

 Cortex: Ugh, eu mereço.

 Coco: Por aqui, pessoal!

 O trio foge da sala, indo em direção a nave de fuga. Eles a alcançam e fogem da nave, que começa a explodir e dar defeito.

 Coco: O que vai acontecer com eles?

 Aku Aku: Eles sempre acham um jeito de voltar, não acho que aquele plano de estação espacial seja uma baboseira.

 Coco: Uh, foi isso. Bem, acho que depois de um dia cheio merecemos um descanso, não é? Que tal algumas panquecas para o jantar?

 Crash: YAHUH!

 Aku Aku: Bem, lá vamos nós de novo.

 O jogo termina com a cena da nave sendo destruída enquanto a tela escurece e os créditos começam a subir. Finalmente, o jogo está completo.

Cena pós-crédito

 Uma porta é aberta, mostrando uma jaula com um bandicoot com braço ferido confuso lá dentro. Cortex se aproxima, abre a jaula e o pega nas mãos.

 Cortex: Não se preocupe, Crunch, em breve seu irmão mais velho cairá sob os seus pés.

E o jogo termina.

 Bem, foi isso, espero que tenham gostado! Eu realmente fiquei algumas horas só escrevendo isso. Uuf, foi bom escrever uma fangame pelo menos uma vez na vida.

 Como podem ver, algumas coisas foram explicadas. Como, por exemplo, Córtex volta a ser adulto, por que Dingodile foi morar na neve, por que o trio N se junta no mar etc.

 Lembrando que esse é o primeiro (e provavelmente o único) fangame que eu fiz. Eu estive nesse site por um longo tempo, mas nunca tive coragem para fazer nada aqui, mas agora é a hora. Entregando no exato dia do prazo, aqui está minha fangame. Bem, foi bom o tempo que eu passei nesse site. Eu REALMENTE vou sentir saudades disso daqui.

 Foi isso. Acho que essa é a última despedida... Não, não é a última despedida. O site pode estar fechando, mas os fãs continuam firme e forte. Eu sei que alguns pararam de gostar das duas franquias, mas é compreensível. Aliás, com o retorno de Crash, tudo ficará bem mais movimentado. Talvez apenas um pouco mais, mas fazer o que, né?

 Isso não é um adeus... É simplesmente um...

Até mais.

Dragons & Bandicoots © 2001/2017 - Versão 15.0

Site desenvolvido e criado por Paulo Moreira (dragonsb). Os personagens mencionados neste site são marcas registradas de Activision, Inc. O site Dragons & Bandicoots não possui nenhuma ligação com a empresa mencionada.
Site hospedado por Webhost Brasil.